(43) 3027-6565
Seg. a Sex. 8h - 18h
Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

11/02/2022

Materiais Elétricos - Quais Momentos Utilizará em sua Obra Residencial Elétrica

 

 

Sabemos que todo início de obra é bem complicado, principalmente na situação que se encontra nosso país, pandemia, aumento nos combustíveis e muitas outras coisas que acabou encarecendo os materiais para construção.

Pensando na dificuldade que nossos clientes estão encontrando, criamos esse artigo para te ajudar a entender quais são os materiais elétricos e em qual momento você irá utilizá-los.

Nosso intuito é te ajudar a traçar uma estratégica na hora de começar sua construção ou reforma da parte elétrica.

 

Mas quais são as etapas da construção elétrica residencial?

 

 

Projeto

Padrão de energia

Infraestrutura

Acabamento

Iluminação

 

 

PROJETO

Projetos Elétricos Residenciais (Fonte: Bens Engenharia)

O projeto elétrico é primeiro e a principal etapa da construção eletrica residencial.

É onde ocorre todo detalhamento gráfico e física de todo estudo da energia eletrica, circuitos, condutores, dimensionamento de cargas e etc.

Como nosso intuito aqui nesse artigo é falar diretamente sobre os materiais elétricos, vamos deixar esse assunto para um próximo artigo!

 

PADRÃO DE ENERGIA

Mas o que é Padrão Copel?


A COPEL estabelece um padrão de segurança para postes e caixas de medição que canalizam energia das centrais da Companhia para dentro da casa do consumidor.
O Padrão Copel - Padrões de Entradas de Serviço - também chamados de Padrão de Luz ou Padrão de energia, são aplicados nas instalações para consumidores residenciais, comerciais e industriais. 

O padrão mais comum utilizados nas residências de nossa região é o bifásico de 50a onde ele pode atender as necessidades de uma família de até 4 pessoas, sendo 1 chuveiro 220v com potência de até 7.500w e ainda possuir 2 ares condicionados de 12.000 btus.

O padrão de entrada de energia é o acesso de toda operação para iniciar sua obra de fato, porém vale levar em consideração que roubos de cabos e fios estão constantes, principalmente no período da entrega do padrão no local até a vistória e ligação da copel, onde a obra está no início e muita das vezes não existe ninguém no local. 

 

PADRÃO BIFÁSICO PREÇO:

 

O valor de um padrão bifásico pode variar de R$1.000,00 a R$1.300,00 com material, montagem e entrega com caminhão munck, vale ressaltar que o padrão bifásico de 50a pode ter 2 variações, sendo ela saída subterrânea e saída aérea.

Relação de material utilizado em entrada de energia padrão copel bifásica de 50 amperes:

  • Abraçadeira universal par;
  • Arame galvanizado 14awg 2,10mm 1kg;
  • Armação pesada 1 polo 3/16 x 5/8;
  • Arruela de zamak 19mm 3/4";      
  • Arruela quadrada 5/8" 038x03x18mm;
  • Bucha de zamak 19mm 3/4";  
  • Cabeçote de pvc 1";              
  • Cabeçote de pvc 3/4";
  • Caixa entrada de energia bifásica cn-1;             
  • Caixa de luz plastica 4 x 2;  
  • Conector split bolt 10mm;         
  • Curva de pvc 90º 25mm 1" longa;   
  • Disjuntor din 2 x 50a curva c 5ka;
  • Eletroduto pvc rigido 19mm 3/4" pt;
  • Eletroduto pvc rigido 25mm 1" pt ;
  • Fio solido 750v 10,00mm preto;     
  • Fita veda rosca 18mm x 10mts;     
  • Haste terra 5/8 x 2.00mm;         
  • Kit flange pvc 1";                
  • Luva de pvc 1" 25mm pt;        
  • Luva de pvc 3/4" 19mm pt;          
  • Parafuso para armação 5/8 x 6" 150mm;
  • Placa 4 x 4 cega br;              
  • Poste pm1-mm-075 x 07,20 "b" 198kg;
  • Roldana de porcelana 72 x 72;     
  • Silicone 50g multi vedacao incolor;

 

Clique aqui para comprar os materiais de padrão copel.

 

Em nosso blog temos um artigo completo falando sobre todas as normas que a Copel exige para padronização de entrada de energia.

 

Clique no botão abaixo para ler o artigo completo.

 

INFRAESTRUTURA

 

 

Chegou o momento de iniciar a estrutura da sua obra elétrica residencial. Essa é uma etapa muito importante pois defini onde cada tomada, interruptor, pontos de luz e os quadros elétricos vão ser instalados.

 

Fase 1 Mangueiras, caixinhas e quadros elétricos.

Essa etapa é o momento onde se utilizam as mangueiras corrugadas também conhecida como conduites, elas serão chumbas fazendo as ligações das caixinhas 4x2, 4x4 e até mesmo fms de laje para o quadro de distribuição.

 

As medidas de mangueiras e ou conduites mais utilizados em uma obra eletrica são de ¾ “ 25mm, utilizadas para passagem de cabos de 1,5 até 4mm e o conduite 1” 32mm utilizado para passagem de cabos de 6mm até 10mm.

 

Fase 2 Disjuntores, cabos e dps’s, cftv

Após todo processo de chumbação de conduites e caxinhas, chegou o momento de iniciar a passagem de cabos e fios elétricos, como já foi definido e chumbado, esse é o momento onde o eletricista deixara passado os cabos de energia onde será instalados as tomadas, interruptores, iluminação, cabos de antenas e cabos de rede para enfim chegar a etapa final de acabamento da instalação elétrica.

Com todo cabeamento instalado chegou o momento de realizar a instalação dos disjuntores e levar energia para todos os cômodos da residência. Como no inicio do artigo informamos que a residência teria uma entrada bifásica de 50ª, utilizando um Q.D.L (quadro de distribuição) para 16 disjuntores, teremos também 1 disjuntor 2x50a geral, 1 disjuntor 2x32a para chuveiro, 2 disjuntores 2x16a para os ar condicionados, 1 disjuntor 2x20a para tomadas 220v, 2 disjuntores 1x20 para tomadas 127v, 2disjuntores 1x16 para iluminação e 1 dps  para proteção de surtos elétricos.

O custo para desse Q.D.L já com os disjuntores ficara em torno de R$270,00 a R$300,00 depende de cada marca.

 

ACABAMENTO

 

Esse é o momento onde você inicia a parte de decoração da sua obra elétrica, o momento de escolher o melhor modelo de tomadas e interruptores que vão decorar a sua residência, hoje o mercado nós da uma grande variedade de modelos, mais simples como parafusos a mostra ou os modelos que estão ganhando espaço, os modulares.

 

Vale sempre lembrar que todos os equipamentos domésticos como geladeira, liquidificador, aspirador entre outros, já vem como o novo modelo de padrão brasileiro de tomadas, então sempre instale tomadas com esse modelo para não ter que ficar colocando adaptadores e poder danificar o equipamento e até gerando um curto circuito.

 

A grande vantagem dos modelos modulares além do visual mais suave, ele nos proporciona uma melhor montagem, como: Tomadas com saídas para antena ou até mesmo um jogo com 6 tomadas utilizando o modelo 4x4.

 

ILUMINAÇÃO

 

Essa é uma das partes mais prazerosas, é onde a sua obra elétrica começa a ganhar vida. Após todo processo de infraestrutura, cabeamento e instalação de tomadas e interruptores, chegou o momento de iluminar e decorar a sua residência.

 

Placas de led, plafons simples de pvc, spots e lâmpadas são os mais utilizados em residências. Porém um dos produtos mais utilizados para a iluminação de residências são as placas de led, além de dar um acabamento muito bonito ela nos proporciona grandes variedades de potência, temperatura da iluminação e também a opção de embutir quando foi realizado o trabalho de sanca de gesso e até mesmo de sobrepor quando é instalado diretamente na laje.

 

Trazendo um ótimo custo benefício hoje você encontra as placas de led a partir de R$20,00 dependendo da potência. Mas além disso para dar aquele charme especial e decorar ainda mais, utilize os spots de led direcionado, com uma tonalidade neutra ou quente para dar um ar de aconchego.

 

E claro para fechar com chave de ouro, acrescente em sua instalação elétrica um pendente para sua sala com lâmpada retro e para área externa instale arandelas de parede para iluminar e decorar a sua varanda.

 

Nosso intuito neste artigo é passar uma visão sobre os materiais que utilizam na instalação elétrica de uma residência. Para adquirir todos os materiais entre em contato e solicite um orçamento personalizado com nossa equipe comercial, ou acesse nosso site no link abaixo e realize seu pedido.